rosiane de freitas

Cientista da Computação, professora universitária, atuante no movimento de mulheres em Ciência&Tecnologia e praticante de esportes de aventura. Líder de grupo de pesquisa do CNPq em "Otimização, Algoritmos e Complexidade Computacional", com Doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e vinculado ao Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (IComp/UFAM). Pesquisadora visitante de IES na Europa, Ásia, EUA e América do Sul, mantém projetos e co-orientações com renomados pesquisadores e instituições pelo mundo. Membro de importantes sociedades científicas brasileiras e internacionais, revisora de importantes periódicos científicos e atualmente Vice-Presidente da ALIO (Association of Latin-Iberoamerican Operational Research Societies) e membro da Comissão Especial de Algoritmos, Combinatória e Otimização (CE-ACO) da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), coordenando o II ETC (Encontro de Teoria da Computação), evento satélite do principal congresso de Computação bradsileiro, o CSBC 2017, e o LAWCC (IX Latin American Women in Computing Congress) a ser realizado em setembro deste ano, em Córdoba, Argentina. Coordena competições científicas, de programação e tecnológicas, sendo membro do comitê diretor nacional de competições científicas da SBC, envolvida nas edições do IWH (International Women Hackaton), promovida pela Microsoft Research Connections, que envolveu o desenvolvimento de diversos aplicativos móveis premiados de temática feminina como: MakUPhi (dicas de maquiagem usando a regra áurea), Mommy's BeneFIT (suporte a prática de atividades físicas por gestantes), What the Hack (integração entre meninas em formação e mulheres profissionais de TI), dentre outras. Integrante do programa "Meninas Digitais" da SBC, co-coordenando o projeto "Cunhantã Digital", com ações voltadas para a região Norte do Brasil. Pratica esportes de aventura mundo afora, sendo mergulhadora de águas profundas e montanhista federada, escaladora e de alta-montanha, onde já subiu o Monte Elbrus (no Cáucaso Russo, maior da Europa) e o Monte Aconcagua nos Andes (quase 7 mil metros), maior montanha fora do Himalaia/Everest e considerada um grande desafio mesmo para montanhistas experientes. No Brasil, subiu os remotos Monte Roraima e Pico da Neblina, ponto culminante brasileiro, encravado no meio da floresta amazônica. E, faz parte do movimento de escaladoras brasileiras “Mulheres na Montanha”.

Lightning Talk
Desenvolvimento de apps temáticos como fator motivacional no envolvimento de mulheres universitárias

Desenvolvimento de aplicativos e participação em competições de programação, científicas e tecnológicas (hackathons) como forme de atrair e manter motivadas mulheres estudantes do ensino superior, médio e fundamental.

Minicurso
[Especial Meninas Digitais] Contos e encantos: desenvolvendo o pensamento computacional através do teatro

Que tal aprender alguns conceitos de Computação de um modo divertido e criativo? As participantes, em equipes, deverão ler contos que apresentam alguns conceitos importantes para a área de Computação. Após a leitura, cada grupo deverá se organizar para encenar o conto que leu. A dinâmica será finalizada com uma discussão sobre os conceitos apresentados.